PROGRAMAÇÃO DO 1° SEMINÁRIO SOBRE IGUALDADE RACIAL EM BOM JESUS

 

Do dia 16 a 19 de novembro Bom Jesus sediará o 1° Seminário Africanidades sobre Igualdade Racial.

O evento acontecerá no Salão da SMEC conforme a programação anexa abaixo.

O idealizador e organizador é o Sr.  Duclerc João da Silva – Ativista cultural já de longa data, que também é o produtor cultural e diretor de todo o projeto Expedição Xingu 2015 – Diacuí Kalapalo/Diacuí Cunha Dutra. Trabalha neste projeto desde 1 de junho de 2014 quando foi oficialmente declarado como produtor cultural e de etnoturismo da aldeia Ngahünga – Matipu, situada no Alto Xingu, Mato Grosso. Está como presidente do Conselho Municipal de Política Cultural, organizando o Sistema Municipal de Cultura de Bom Jesus. Entre as ações desencadeadas por Duclerc destacamos que é o diretor do Gazeta Serrana, jornal que há mais de 18 anos circula nos municípios gaúchos de Bom Jesus, Cambará do Sul, Jaquirana e São José dos Ausentes. Em julho e agosto proferiu palestras sobre africanidades e igualdade racial para professores da Escola Estadual Conde Afonso Celso e da Rede Municipal de Ensino de Bom Jesus. Em abril, organizou e realizou o I Seminário Regional de Promoção da Igualdade Racial dos Campos de Cima da Serra Gaúcha, sediado em Bom Jesus e que contou com a participação de representantes também de outros sete municípios da região. Atuou no Gramado Aleluia, evento de Páscoa da Região das Hortênsias. Em março integrou a Comissão Julgadora do I Concurso Internacional de Ogãs e Alabês, realizado em Caxias do Sul. Em, dezembro de 2014 participou do Encontro Nacional de Gestores de Cultura, realizado pela ABM em Brasília. Em 26 de novembro participou do I Encontro de Conselhos Municipais de Políticas Culturais do RS, realizado pelo Conselho Estadual de Cultura, em Canoas. Neste mesmo dia, participou do “Temos Palco”, ação da Funarte realizada durante a Semana do Hip Hop de Esteio. No início do mês de novembro esteve em Florianópolis participando do Samba na Casa da Ângela representando Lupicínio Rodrigues Filho e falando sobre a arte de Lupicínio Rodrigues nas comemorações do centenário de nascimento. Em Imbituba, também em Santa Catarina, participou de evento do Coletivo Intervenção Cultural Teatro Usina como palestrante e apresentação cênica. Em outubro, na XXI Feira do Livro de Bom Jesus, lançou oficialmente, em coautoria, o livro “Reminiscências de Bom Jesus o passado presente” ISBN 978-85-7912-165-4, obra histórica sobre o município centenário e que teve lançamento também em Caxias do Sul e Soledade. Atuou como palestrante e ator em diversos eventos culturais como Feiras do Livro, Paixão de Cristo, Natal e outros na região dos Campos de Cima da Serra gaúcha. Atuou diretamente nos projetos do Carnaval 2014 da cidade de Canela, sendo o criador e coordenador do evento Encontro de Carnaval, debatendo a cadeia produtiva. Participou da III Conferência Nacional de Cultura, em dezembro/2013 em Brasília como delegado do RS. Atuou na organização de conferências municipais e intermunicipais nos Campos de Cima da Serra. Integrou como vice-presidente a Comissão Central dos Festejos do Centenário de Bom Jesus em 2013. Fez apresentação cênica no Plenário Ulysses Guimarães, na Câmara dos Deputados, em Brasília, em sessão solene. Frequentou oficinas, seminários e cursos de capacitação para produção cultural. Propôs e coordenou todo o projeto, além de protagonizar um dos personagens principais no espetáculo teatral “A guerra da água”, que foi apresentado em seis municípios. Em 2010 participou da II Conferência Nacional de Cultura quando produziu um Filme/Documentário Experimental do evento, o qual foi apresentado em Bom Jesus, Caxias do Sul, Porto Alegre e até para o Conselho Nacional de Política Cultural em Brasília. É ator e diretor de teatro. Ativista nos segmentos de culturas populares, hip hop, carnaval, de matriz africana e indígena. Foi um dos responsáveis pela execução do projeto Escola de Música da SMEC de Bom Jesus, inclusive participando de oficinas como aluno e integrando a equipe que fez saraus musicais pela cidade. Também já cantou em festival de MPB. Teve textos publicados em livros do Seminário Nacional e do Cone Sul sobre Tropeirismo, do qual em algumas edições esteve como comunicador e palestrante. Participou de sete edições da Marcha dos Prefeitos a Brasília. Integrou a Comissão de avaliação de Projetos Culturais do FAC RS. Estuda Comunicação Social – Jornalismo na UCS, matriculado no curso de Serviço Social.

DEMAIS PALESTRANTES:

Sérgio Luís de Oliveira Nunes – Atua na Secretaria Estadual da Justiça e dos Direitos Humanos como coordenador de Igualdade Étnica e Racial. Foi Chefe de Gabinete do Gabinete do Povo Negro da Prefeitura Municipal de Porto Alegre entre 2008 e 2013, além de participar de conselhos pró-raciais como a Subcomissão da Verdade da Escravidão Negra; projeto Parabólica da fundação Zumbi dos Palmares; Grupo Interinstitucional Quilombola e da organização de semanas pela igualdade racial e da liberdade religiosa para as crenças afros.

Diógenes “Mestre” Brasil – Coordenador de Igualdade Racial na Prefeitura Municipal de Caxias do Sul. Foi delegado da III Conferência Nacional de Cultura. Integra a Comissão da Verdade, que estuda a escravidão no Brasil. Lidera o Grupo de Capoeira Conquistador da Liberdade, de Caxias do Sul, com trabalhos já realizados em diversas outras cidades, inclusive no Uruguai. Representante gaúcho nas questões de igualdade racial e do movimento Nacional dos Pontos de Cultura. Palestrante.

Maria Odete Diogo dos Santos – Trabalha em Sindicato desde 1988, sendo que por dez anos atuou no SEMAPI como Coordenadora Administrativa. Atualmente trabalha no SINTRAJUFE/RS (Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal no Rio Grande do Sul) como Secretária de Organização e Política Sindical. Militante social, grupo de jovens e do movimento negro desde 1979. Fundadora, em 2007, do Grupo Unir Raças, em Esteio/RS (Associação Unificar Etnias, Construir Igualdade Racial e Social), entidade da qual está como presidente. Tem como prioridades na luta: fim do genocídio da população negra, implementação das leis 10.639/03 e 11.645/08 e saúde da população negra. Por dois mandatos (de 2008 a 2013) foi dirigente no Sindicato dos Trabalhadores em Entidades Sindicais e Órgãos de Classe (Sindisindi-RS) tendo como prioridades de luta de classe o fim do fator previdenciário e o combate ao assédio moral. O título da palestra é: 2015-2024 Década Internacional de Afrodescendentes – Respeito, Direitos e Oportunidades Iguais.

Ademir Oxum – Guerreiro na defesa das Religiães de matriz Africana. Bábáláwó Lá-sé há 35 anos. Culto tradicional Yórúbá. Radialista. Coordenador Fiscal do Soi – Superior Orgão Internacional de Umbanda e cultos Afro. Membro do GT de Igualdade Racial da coordenadoria de Igualdade Racial de Caxias do Sul. Ambientalista. Palestrante. Líder e organizador de diversos eventos, entre eles os Concursos de Ogãs e Alabês.

Elis Regina Gomes de Vargas – Presidente do Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra (Codene), que foi criado em maio de 1988. É uma instituição normativa, paritária, deliberativa, fiscalizadora que está encarregada de desenvolver estudos, propor medidas e políticas voltadas para a comunidade afrodescendente e visa eliminar as discriminações que atingem a sua integração plena na vida social, econômica, política e cultural.

Obs.:
* Curimba – O termo “Curimba” define o grupo de pessoas que louvam na Umbanda e Candomblé, através do canto e percussão de atabaque e/ou tumbadora, os Orixás. O grupo que vem é formado por 4 pessoas.
* Capoeira – A capoeira ou capoeiragem é uma expressão cultural brasileira que mistura arte marcial, esporte, cultura popular e música. O grupo que vem é formado por dez pessoas.


Compartilhe este post.
Bookmark e Compartilhe
Tags:

Nenhum Comentário Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Autor desta matéria

Everaldo Camargo

Diretor Geral, mora em Bom Jesus-RS
Posts Facebook E-mail

Dados desta matéria



Anuncie

Quer ver sua empresa no Portal Mister Kanú?

Acesse Quem Somos > e solicite maiores informações.

Colabore

Quer ter seu texto publicado no site?

Acesse a página Faça Contato > e veja como.