POLÍCIA CIVIL REMETE AO PODER JUDICIÁRIO INQUÉRITO POLICIAL REFERENTE À APREENSÃO DE CENTENAS DE BOVINOS NA CIDADE DE BOM JESUS COM TRÊS PESSOAS INDICIADAS.

A Delegacia de Polícia de Bom Jesus remeteu ao Poder Judiciário no dia de hoje o Inquérito Policial referente à Apreensão de mais de Trezentos Bovinos na cidade de Bom Jesus.

O  Inquérito Policial, que teve mais de Quatrocentas Páginas, foi instaurado no dia 25 de Fevereiro do Corrente ano,  após a realização de Operação Policial  Contra o Abigeato,  montada para o cumprimento de Mandados de Busca  e Apreensão em fazendas localizadas no interior da cidade de Bom Jesus.

Em duas fazendas, foram encontrados CENTENAS DE BOVINOS  referentes aos quais o responsável encontrado no local não assumiu a propriedade.

Os Bovinos,  no sistema,  foram colocados em nome  de uma Terceira Pessoa que, inicialmente,  declarou não ser proprietária dos  Animais.  

Devido a isso, no dia da Operação  o homem que se apresentou como responsável   pela Fazenda  foi autuado em Flagrante e conduzido ao Presídio.

Por determinação Judicial,  no mês de março todos os animais foram reunidos no Parque de Rodeios de Bom Jesus a fim de serem leiloados, mas o leilão foi suspenso após  a impetração de  Mandado de Segurança no Tribunal de Justiça, efetivada inclusive pela própria pessoa que inicialmente informou não ser  proprietária dos animais.

Dois dos Bovinos reunidos no Parque de Rodeios foram reconhecidos por uma vítima como tendo sido furtados no ano de 2014.

Um dos INDICIADOS no Inquérito  possui antecedentes pela prática de Estelionatos referentes à compra de Bovinos e posterior sustação de cheques utilizados nos pagamentos.

 As investigações concluíram que a estratégia de colocar os Bovinos em nome de uma Terceira pessoa foi utilizada para Fraudar a Fiscalização e Pagamentos, inclusive de Tributos.

O  Inquérito Policial remetido  ao PODER JUDICIÁRIO no dia de hoje    teve   LUIZ ALCEU DA SILVA MACIEL ,   ALCEU MACIEL DA SILVA  e  DALTRO REIS SOARES COMO INDICIADOS pela prática de CRIME CONTRA A ORDEM TRIBUTÁRIA E DOS CRIMES DE FALSIDADE IDEOLÓGICA, RECEPTAÇÃO E ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA E   DALTRO REIS SOARES  COMO INDICIADO TAMBÉM PELA PRÁTICA DO CRIME DE FALSO TESTEMUNHO.

Bom Jesus, 16 de junho de 2015.

Flademir Paulino de Andrade,

Delegado de Polícia Substituto.            


Compartilhe este post.
Bookmark e Compartilhe

3 Comments Quero comentar!

  • Parabéns à polícia de Bom Jesus. Agora deram nome aos bois.

    Comentário by João Lopes Filho — 17 de junho de 2015 @ 18:05

  • Mas afinal, qual é a procedência do gado?

    Comentário by João Lopes Filho — 17 de junho de 2015 @ 20:49

  • Mas deve haver mais membros dessa associação criminosa. Esses aí são os subalternos. Tem que ir atrás dos “capi mafiosi”. Aí tem mais.

    Comentário by João Lopes Filho — 22 de junho de 2015 @ 15:38

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Autor desta matéria

Everaldo Camargo

Diretor Geral, mora em Bom Jesus-RS
Posts Facebook E-mail

Dados desta matéria



Anuncie

Quer ver sua empresa no Portal Mister Kanú?

Acesse Quem Somos > e solicite maiores informações.

Colabore

Quer ter seu texto publicado no site?

Acesse a página Faça Contato > e veja como.