Muda calendário de vacinação na rede pública de saúde no RS

Está em vigor, a partir de janeiro, o novo calendário de vacinação na rede pública de saúde. Há alterações de número de doses, faixa etária e modo de aplicação. As mudanças dizem respeito às seguintes vacinações:

Hepatite A – a dose única mudou a data de reforço de 12 para 15 meses por questões operacionais.

Hepatite B – administrada em três doses, ela agora passa a ser universal, em vez de atender a um público até 49 anos.

Pneumocócica 10-valente – diminuiu uma dose. Agora são duas doses em crianças de menos de um ano, aos dois e aos quatro meses e um reforço aos 12 meses. Para as crianças de um ano a menores de cinco anos que não receberam as doses do esquema primário (menores de um ano de idade) a indicação é a dose única.

Pneumo (conjugada) tipo C – indicação de duas doses, três meses e cinco meses, e uma dose de reforço aos 12 meses. Para as crianças de um ano a menores de cinco anos que não receberam as doses do esquema primário, a indicação é dose única.

HPV – a vacina entrou no calendário de 2016. Antes era recomendado para meninas até nove anos e o Ministério da Saúde ampliou a faixa etária para 13 anos completos. São duas doses com intervalo de seis meses, não sendo mais necessária a terceira dose 60 meses após para proteger contra as quatro cepas fundamentais.

Poliomielite – a partir de janeiro de 2016 serão três doses com a vacina inativa da poliomielite, administrada por via intramuscular.


Compartilhe este post.
Bookmark e Compartilhe

Nenhum Comentário Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Autor desta matéria

Everaldo Camargo

Diretor Geral, mora em Bom Jesus-RS
Posts Facebook E-mail

Dados desta matéria



Anuncie

Quer ver sua empresa no Portal Mister Kanú?

Acesse Quem Somos > e solicite maiores informações.

Colabore

Quer ter seu texto publicado no site?

Acesse a página Faça Contato > e veja como.