IMPRUDÊNCIA DE CAMINHONEIRO CAUSA MAIS UMA MORTE

VACARIA: IMPRUDÊNCIA DE CAMINHONEIRO CAUSA MAIS UMA MORTE. MOTORISTA FOI PRESO.

Um grave acidente ocorrido no Km 44,9 da BR 116 em Vacaria resultou na morte de JACKSONN SOUZA DE LIZ, 35 anos. Uma criança de três anos, filha de JACKSON, que estava no banco de trás do veículo, na cadeirinha, sofreu traumatismo craniano, foi levada ao Hospital Nossa Senhora da Oliveira e removida para Lages-SC, em estado gravíssimo.

O fato aconteceu às 19h20min desta sexta-feira.

As vítimas trafegavam no sentido São Marcos-Vacaria, num automóvel Ford Corcel II. A esposa de JACKSONN e mãe da criança vinha num outro carro da família, um GM Prisma, e por pouco também não foi envolvida no acidente.

A família voltava de São Marcos-RS, onde foram levar o antigo Ford Corcel para venda, e retornavam para Lages-SC, onde residem.

Segundo o que foi apurado, em razão da alta velocidade, o caminhão-carreta Scania placas EOF 6878 placas de Itu-SP, não venceu a curva e fez um “ele” na carreta, atingindo o veículo.

As evidencias do acidente apontaram para inprudência do motorista da Scania-carreta. O disco do tacógrafo apontou para 80 Km/h, sendo que a permitida para o local era 60Km/H. Além disso, chovia bastante, era noite, o motorista da carreta era profissional, conduzia um veículo de grande porte, e agiu com imprudência ao não respeitar tanto o limite de velocidade na curva, 60km/h em condições normais, e também por não se acautelar diante das situações adversas do momento. Os PRFs que atenderam ao local foram firmes ao fazer essas observações ao Delegado de Polícia.

O motorista do caminhão não parou, seguiu viagem, mas o semi-reboque não teve mais condições de seguir… ele desacoplou o caminhão 10 Km adiante, e voltou só com o “cavalinho” 40 minutos depois, mas ainda sem se identificar como causador do evento.

Um popular havia anotado a placa quando o caminhão parou alguns instantes na antiga praça de pedágio, com o que os PRFs conseguiram vinculá-lo ao incidente.

Após ouvir os Policiais, o motorista do caminhão e a viuva, que, mesmo em estado de choque prestou declarações importantes, o Delegado Carlos Alberto Defaveri autuou em flagrante o motorista do caminhão, de 37 anos, motorista profissional há 16, natural de Carazinho, por crime de homicídio culposo de trânsito, pena 2 a 4 anos, por imprudência.

A foto do veículo foi feita hoje pela manhã, já no depósito Detran em Vacaria.


Compartilhe este post.
Bookmark e Compartilhe

Nenhum Comentário Quero comentar!

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Autor desta matéria

Everaldo Camargo

Diretor Geral, mora em Bom Jesus-RS
Posts Facebook E-mail

Dados desta matéria



Anuncie

Quer ver sua empresa no Portal Mister Kanú?

Acesse Quem Somos > e solicite maiores informações.

Colabore

Quer ter seu texto publicado no site?

Acesse a página Faça Contato > e veja como.